NOTÍCIAS

14/10/2016 07:42

Sindicato garante reintegração de bancária demitida durante a Greve Nacional

O Bradesco de Barra do Garças demitiu, no dia 03 de outubro,  uma funcionária em plena greve, quando todos os contratos são suspensos por força do Artigo 7º, da Lei de Greve (7.783/1989).

O  Juiz do Trabalho Substituto da Vara do Trabalho de Barra do Garças,  Adriano Romero Da Silva determinou a reintegração da funcionária ao quadro funcional do Banco, com

todos os direitos e garantias de quando da sua dispensa, sob pena de multa diária no valor de R$ 5.000,00(cinco mil reais), limitada a R$ 150.000,00 (cento e cinquenta mil reais). O Banco,  ainda, deve assegurar o pagamento dos salários devidos desde a dispensa até a efetiva reintegração obreira.

Na sentença, o Juiz ainda deixou claro, que o término do movimento grevista não compromete a presente decisão, já que a demissão da funcionária foi levada a cabo enquanto suspenso o contrato de trabalho, conforme a Lei de Greve.

A Ação Trabalhista contra o BRADESCO foi movida através do Escritório de Advocacia Alencar, que faz assessoria jurídica para o  Sindicato dos Bancários do Médio Araguaia (Sinbama).


Contato

Rua Barão de Melgaço, 3190 - Centro - Cuiabá-MT

CEP 78.020-800 - Fone/Fax: (65) 3623-5333

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo